rause blog

Brew Bar Rause apresenta: Aeropress

DSC_0189_pq

Alan Adler era um inventor de brinquedos que nem gostava tanto de café. Uma tarde, em seu escritório na Califórnia, resolveu preparar um café coado e, incomodado pela demora, pensou que um sistema com pressão poderia acelerar o processo. Assim nasceu o projeto da Aeropress.
Com 30 cm de altura e um peso menor que meio quilo, a Aeropress é fácil de ser manuseada e resulta em uma bebida com grande quantidade de óleos essenciais de café na xícara. Cada grão, especialmente o arábica, possui 13% de óleos essenciais em sua composição e são eles os responsáveis pelo corpo da bebida, ou seja, pela sensação táctil proporcionada pelo café.
A extração na Aeropress começa com uma pré-infusão entre o café moído e a água na base do equipamento por até 30 segundos Esse tempo de descanso faz com que o café libere parte dos gases provenientes da torra e permite uma “migração” dos óleos para a bebida. Após esse tempo, chega o momento da infusão e extração do café, feitos com a ajuda de um êmbolo que agiliza o processo sem usar energia elétrica. Basta pressionar o êmbolo até o final da base e o café na Aeropress está pronto.

Força, guria!

Força, guria!

A Aeropress permite brincadeiras mil. Dependendo da moagem, é possível controlar o grau de corpo da bebida. Quanto mais grossa a moagem, maior a acidez do café. Já quanto mais fina, maior doçura da bebida e, atenção, maior risco de amargor causado pelo contato prolongado do café e água. Alguns baristas preferem ainda usar o aparelho de cabeça para baixo já que, ao não passar pelo filtro, o café fica ainda mais interessante. Resumo da ópera: a Aeropress é indicada para quem gosta de café filtrado intenso e para quem curte praticidade na limpeza do equipamento.

Se você quiser experimentar o café da Aeropress, no Brew Bar do Rause você encontra este e outros diversos métodos filtrados. Apareça pra conhecer! 

Leia também:

 

 .

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments