rause blog

Rause Café + Vinho no Campeonato Nacional de Baristas

Foi a primeira vez do Juca, mas ele se saiu super bem na colocação final do evento. Durante o 13° Campeonato Nacional de Baristas, 14 competidores prepararam e serviram 168 cafés para todos os juízes – quatro sensoriais, dois técnicos e dois “head judges”, responsáveis por intermediar as votações e acompanhar as provas. Para a grande final, apenas seis foram escolhidos e, entre eles, estavam Juca Esmanhoto (barista e um dos proprietários do Rause Café + Vinho) e Leo Moço (dono da marca Café do Moço e torrador dos cafés do Rause).

Todos os competidores tinham que preparar quatro cappuccinos, quatro espressos e mais quatro bebidas originais, sem álcool e onde o café fosse a grande estrela. Na apresentação do Juca, a originalidade veio pela trilha sonora com participação do Tim Maia e pela bebida feita com uma infusão de limão siciliano, tangerina, laranja, cravo, canela e gengibre, uma dose de melado e, por último, o café Rause Ambiental. A ideia da bebida era que cada ingrediente potencializasse as características do grão usado no cotidiano da cafeteria. “A doçura cítrica do Rause Ambiental casa com a cana de açúcar, assim como com a acidez do limão. Esse nosso café é mais leve, por isso fui buscar o gengibre e por último as especiarias, para um retrogosto mais marcante”, analisa o barista.

O Juca ficou em quinto lugar na competição e voltou para Curitiba com uma vontade imensa de competir nas outras edições do evento. Já o primeiro lugar foi para o Leo Moço, que apresentou aos juízes uma viagem pela acidez, amargor e doçura. Em sua apresentação ele preparou cafés filtrados e espressos, servidos separadamente com doce de leite, suco de uva e chocolate amargo.

 .

Comentários

comentários

Powered by Facebook Comments